Saturday, May 26, 2007

Quotidiano


Acelerei

a pressa

para escapar

à treva

a alastrar

sobre a cabeça;

não escapei

desatei

a correr

sob as pingas

vagarosas

primeiro,

depois, grossas,

em aguaceiro.

Um cão esguio

atrevido

ao volante

tocava

elegante

a buzina


de uma carrinha

parada.

1 comment:

J.G.Sineiro said...

o cão era um correspondente do sino...a avisar da trovoada!

Eheheheh!.....

Vrrrmmmm....vrrrrrrmmmm........vrrrrrrrrrrrrrrr...............vrrrr.......