Monday, May 28, 2007

Mapa de Portugal ( actualizado!)


Com a devida vénia a KAOS, não resisti e raptei-lhe o Mapa... verifiquei que vivo numa zona desactivada. Não foi novidade nenhuma, mas ver essa verdade escarrapachada num mapa até arrepia!!!

13 comments:

soledade said...

E eu nasci e criei-me na zona desactivada. Vivo na bordinha de Portugal, com os olhos postos no país desactivado. Que tristeza, Rendas...
bj

Porca da Vila said...

Olá RendaDeBilros,

Para mim é ainda pior, que estou quase a cair fora da 'Zona Desactivada'!... O que se calhar até era sorte, porque ia cair em Espanha! [embora esta zona de Castilla também esteja desde há séculos completamente esquecida por Madrid]

A propósito do 'post' anterior, devias ir ver o que a vaca da Marilú poderá fazer ao 'Que Conversa' se continuares a 'meter-te' com ela...

http://www.netdisaster.com/go.php?mode=cow&url=http://queconversa.blogspot.com/

Um Xi da Porca

Osc@r Luiz said...

Então, Renda,

Cabe a alguém com a sua sabedoria reativá-la!
O que é que está esperando?
Mãos à obra!
Beijo!

Meg said...

Que raio de país, este!
Mais um bocadinho e pumba! MAR!
É só deserto.
Eu não tinha percebido, bem, mas como o Kaos fez o boneco, fiquei completamente esclarecida.
Boa, Renda
Um abraço

zef said...

Chamemos-lhe Zona em Pousio...
Agora estou na faixa "Portugal" e não vejo nada de jeito...Estou deserto por voltar para aí...
Um abraço

J.G.Sineiro said...

Olá!

Sinceramente, e não querendo defender este nem nenhum governo, acho que os exageros não trazem nada de bom.
Considerar Viseu, Braga, Vila Real, Covilhã como zonas "desactivadas" são para mim um excesso.
As estradas à volta de Chaves, as vias de acesso á Serra da Estrela, a fortíssima implantação de comércio em Braga e arredores, a Universidade na Covilhã, o crescimento a olhos vistos de Viseu, não podem ser esquecidos.

A zona do país que continua sem estradas directas e, portanto, com um maior grau de isolamento do resto do país é Trás-os-Montes e a faixa da Beira junto da fronteira.

É claro que não vou aqui estar a referir aspectos como a diversidade na oferta cultural ou outros, mas que Diabo! Também não vivemos propriamente na Albânia ou na Roménia.

O maior problema é as pessoas ganharem mal, mas aí tão mal ganham os de Fuira de Castelo rodrigo como os de Lisboa ou Porto. E quanto não gastam estes a mais, diariamente, em transportes obrigatórios para se deslocarem e em alimentação precária ao almoço se não levam um farnel de casa que aquecem nos empregos?

por outro lado, em cada ano há mais gente a ir passar férias para o Brasil ou para as Carabimbas!...Não dá para entender. Isto é tudo muito complicado...

Um abraço.

rendadebilros said...

JSineiro
Lá estás tu a confirmar que estou na faixa desactivada, junto à fronteira... isto é um sossego!!! mas sossego de mais ... também põe uma pessoa doente!!!às vezes.
Um abraço...

bell said...

Eu cá não estou em zona nenhuma! Eu explico: pelos meus cálculos vivo exactamente no ponto onde as zonas se cruzam, ali no quase centro do país.

Papoila said...

Olá Renda!
Vivo em Portugal mas trabalho naquela zona de fronteira com a zona desactivada hihi...
O mapa está demais.
Beijo

João Rato said...

http://img409.imageshack.us/img409/9072/grevegeralvz7.jpg

Kaotica said...

Estamos em greve!
Abraço

Catarina said...

Deixa là, não fiques triste:)

Eu cresci numa zona desactivada dentro da zona chamada Portugal!

Pior que isso so morar naqueles lugares de Espanha onde sempre que passo rezo baixinho para o carro nunca avariar por là... porque desconfio sempre que nem o telemovel funciona para chamar a Assistência!!

Bjto

Nuno Resende said...

Olhe, cara Amiga, no final de semana regresso a "Portugal", deixando para trás quase 2 anos de zona desactivada. Vou com pena...