Sunday, July 01, 2007

Feira da História - Trancoso


7 comments:

Papoila said...

Linda Foto! Gostava de ter visto essa feira. Gosto muito de Trancoso. Lá no campo já plantei o grelos a propósito da sugestão de leitura.

Meg said...

Pois é, Renda, foi fatal o "brinde" que me enviaram. Tenho andado "à boleia", daí os intervalos tão grandes. Agora esou de viatura nova, mas ainda me estou a adaptar.
Um abraço

Carminda Pinho said...

Estive este fim de semana em Mogofores, aldeia onde nasci numa
festa anual que se comemora sempre no 1º domingo do mês de Julho.A festa da Sta Isabel. Tirei fotos mas ainda não as coloquei no computador.
Gosto muito de feiras e festas e, há-as tão bonitas por esse País fora.
Bj

Kaotica said...

Querida Renda

Hoje também andei a fazer turismo cá dentro: Sintra, tão perto e há anos que não lá ia. Ainda me sinto maravilhada por aquela cozinha do Palácio de Sintra! O ar de Sintra e a sua vegetação. Estivemos quase a tomar o castelo de assalto: 2.50 merdas para as crianças entrarem; 4.50 merdas cada adulto! Chiça que aceder à nossa própria História está caro! Duas professoras aposentadas, uma encarregada de educação e 13 crianças de anos, turmas e escolas diferentes. São uniões destas que é preciso fazer. Um enorme abraço!

J.G. said...

OLHA TRANCOSO!

ESTIVEMOS LÁ NA PASCOA, MAS TINHAM TIRADO A PARTE DE CIMA DE UMA DAS PORTAS (!!!), a Porta de Carvalho, encimada por um baixo-relevo que representa um cavaleiro, e que é também chamada de João Tição. Este, era um cavaleiro que resolveu roubar uma bandeira no acampamento do inimigo que sitiava o castelo. Conseguiu o seu feito só que, ao regressar, as portas encontravam-se fechadas. João Tição ainda tentou que o seu cavalo saltasse a muralha mas, não conseguindo, atirou com a bandeira para dentro do castelo, junto à porta que tomou o seu nome.
E depois, deixou-se apanhar.

Bem a procurámos! Nada!... aparde cima não estava lá. É agora uma porta sem tecto, a céu aberto. Fiquei de boca-aberta!

um abraço.

Meg said...

Olha, Renda, eu é que fico espantada com o saber do nosso Sineiro. Vinha dar-te um olá (não, não conheço Trancoso) e pronto... mas uma lição de História. Este homem é uma enciclopédia!!!
Um abraço para ti


ps: a "coisa" começa a engrenar...

Carminda Pinho said...

Renda não consigo ver o post que supostamente deveria estar acima deste. Venho cá amanhã por hoje deixo-te um beijinho.