Monday, July 09, 2007

Verão afinal

Amacia a pele acesa

uma canção francesa

gota a gota

deslizando

a água pelo corpo

cansado

embrulhado

o pensamento

em vento

suave...

11 comments:

J.G. said...

E pronto, com uma dúzia de palavras se exprime um sentimento poético!

Até parece fácil!

Um abraço e bons banhos, que já percebi que és adepta do que eu mais detesto, praia no verão.

zef said...

"E pronto", O Jorge tirou-me o que queria ser eu a dizer, pronto...

Ainda por cima, também eu, no verão, só vou ao mar que não tenha praia...

Pronto!

Anonymous said...

almoçaradas? quer dar aulas? esteve a gozar com quem?
Moriae

rendadebilros said...

Creio que o comentário de uma tal anonimous está deslocado! deve ter-se enganado... digo eu!

Ao j.g. e zef
Não me façam corar que já estou bastante vermelhusca do calor...

Gosto de praia e de mar , para guardar a vitamina D para os Invernos rigorosos... que hei-de fazer?
Um abraço para cada um.

Meg said...

Temos de trocar, já te disse, Renda.
Mesmo assim consegues brilhar.
Agora um aparte... o voto no Sino, como é que é? Olha a avaliação, colega Sinette. 'Bora lá, antes qu'ele se passe!
Um abraço cheio de sol

Carminda Pinho said...

Ó minha amiga Renda vê-se logo que és Bairradina, Ah Ah Ah!
Senão vejamos: "pele acesa... canção francesa... o pensamento embrulhado..." todos os sintomas, só que eu não consigo pôr isso em forma de poema, o que é que hei-de fazer? olha, leio os teus que são bem bonitos. :-)))
Beijos

jiPS: ...e existem amanheceres assim sim senhor, só porque... sim, pronto!

Andreia do Flautim said...

Eu gosto muito do verão!

Papoila said...

Querida Renda:
Um poema de estio neste Verão que tardou mas chegou quente ... a canção francesa e a água a deslisar gota a gota na pele que arde...
Lindo!
Beijos

Meg said...

Então nada desde o dia 9?
É do calor? Espero que estejas bem.
Um abraço

Carminda Pinho said...

Renda, passa lá pelo Fórum assim que puderes que tens lá um "selo" guardado especialmente para ti.
Bjs

Osc@r Luiz said...

O verão daí é o inverno daqui.
O mundo varia.
E nós insistimos em enxergar apenas o que nos acontece.
Como nós humanos somos egocêntricos.
Beijo!