Wednesday, July 04, 2007

A divagar...

Anda este Verão a outunar sem pés nem cabeça... desatina o clima e o sono consome-se em insónias e pesadelos de papéis que nunca têm fim... abandono involuntariamente a leitura dos blogues e, quando volto, horas passadas, tanta água correu debaixo das pontes, tanta tinta-em-forma-de-letras na blogosfera foi gasta... correm céleres notícias-cimeiras-reuniões-fotos-contraplacadas de sorrisos enroladas em belos sacos de embrulho modernos em papel de jornal e imagens de televisão... novos países velhos (re)descobertos para congratulação do mundo europeu e além-europa, novos reis de aquém e além-mar em áfrica e américa... atinge o intolerável um cansaço disto e daquilo... venha a noite, desça um manto sobre as casas, traga o sossego, esconda o lado de fora, deixem apenas entrar o luar, o luzir fiel de Vénus e o silêncio... que deixem ouvir o silêncio... enquanto não chega o dia que eu quero de sol claro.

9 comments:

Porca da Vila said...

Está doido, este Verão...

Xi da Porca

Meg said...

Renda, 34º ontem... uma temperatura, para mim, já intolerável. Mas mesmo assim, ohando para o se passa por essa Europa e não só, ainda tenho que pensar que vivemos num paraíso.
Não achas?
Está o clima de pernas para o ar, Amiga

Osc@r Luiz said...

Querida, Renda,
Aqui é inverno.
Junte-se a nós!
Beijo!
Saudade!

Papoila said...

Olá Renda!
Só hoje tive o primeiro dia de Verão por aqui! E todos os dias se recebe mails de prevenção para a vaga de calor...
Gostei tanto do final da divagação... o luar, Vénus e o silêncio... Beijo

J.G. said...

Em silêncio te deixo, amiga!

bell said...

Já "desoutonou"!

A vida não se compadece, não pára à espera que retomemos o passo.

Meg said...

Trocamos, Renda. Eu morro de calor, tu morres de frio. Onde é que está a democracia?
Um abraço

Carminda Pinho said...

Renda, por aqui o calor não aperta muito porque este local é muito ventoso durante o dia até sabe bem quando o calor aperta à noite é mais desagradável.
Mas que o dia de amanhã venha com sol claro, como dizes, que eu sairei assim que acordar, preciso de sol, porque preciso de alegria, é que às vezes não parece mas eu até sou alegre.:)))
Bjs e BFS

Carminda Pinho said...

Meg guarda lá um pouco de calor que para Agosto vou precisar dele aí durante uns dias, ah ah ah!