Sunday, May 04, 2008

A Minha Mãe


A minha Mãe
tem os dedos enrugados e os ossos dos dedos deformados …
quando olho as suas mãos com os dedos enrugados e tortos
lembro os momentos em que ainda sem eu saber, ela as gastava
se gastava nas hortas nas regas à volta das batatas das favas
lembro as manhãs as tardes geladas nos tanques das “nossas” casas
onde lavava a roupa na água fria cada vez mais fria
e as lareiras e as simples máquinas a petróleo e os fogões
e os tachos e as panelas num virote a toda a hora
e a máquina de costura singer e uma bainha por coser
e a solidão quotidiana e a dureza das horas a correr…
resgato dessa longínqua melancolia e rudeza
a presença do mar num desatino de água e de praia e sol
as garridas ervilhas-de-cheiro e corolas azuis sobre o muro
a lareira acesa, a neve a cair até toldar o entendimento
as laranjas, as frieiras, o pó de Maio, a carqueja,
as procissões, as flores atapetando o chão da rua,
os quintais , o comboio, as viagens de cestos e malas,
a casa dos avós num mundo de completo desprendimento,
o Douro lá em baixo, o miradouro ds Gravotas,
as nêsperas, um pássaro ferido, os sonhos…
A minha Mãe
tem os dedos enrugados e os ossos dos dedos deformados:
foi assim que, ao lado do meu pai, Ela escreveu,
mal sabendo escrever, a vida dela e a nossa …

19 comments:

gaivota said...

muito linda a tua mãe, como a minha, como todas, como nós (?) também...
estou na holanda por uns dias, logo que possa e tenha tempo passarei para apanhar o teu desafio...
beijinhos grandes

Nuno R. said...

Bela evocação! Abraço e (porque também é mãe) feliz dia da Mãe.

Sophiamar said...

Em Domingo de Maio, desejo-te um feliz dia da Mãe, querida amiga.

Com mil beijinhos e um muito obrigada por seres quem és.

Bem Hajas!

Kaotica said...

Querida renda

Que linda mãe tem uma linda filha que também é uma linda mãe. Adoro a tua forma de escrever e o sentido humano que sempre trazem as tuas palavras.

Um abraço

Carminda Pinho said...

Renda
A tua mãe é linda, amiga.
As nossas mães são as mais lindas de todas as mães, mesmo que já os dedos estejam torto...

Beijo amiga.

Andreia do Flautim said...

Feliz dia da mãe!

Papoila said...

Querida Renda:
Que linda a tua mãe! Que linda a tua homenagem ao dia de todas as mães.
Fui ao Alentejo matar as saudades que tinha da minha.
Beijos

Anonymous said...

Beijinhos a duas lindas mães: a renda e respectiva mãe, minha "quase avó" ;)

Beijinhos!!

Catarina de Bragança

Sophiamar said...

Amiga:
Passei para te deixar um abraço apertado e desejar um bom dia.

Beijinhos

o escriba said...

Amiga rendadebilros

comoveram-me as suas palavras, porque a minha mãe, que já partiu há muito tempo (parece que foi ontem), também teria o tempo contado nos dedos das suas mãos e as histórias das mesmas canseiras.

um abraço de mãe para mãe

Esperança

andorinha said...

Uma homenagem tão bonita como as mãos da tua mãe, escrevendo a vida.
Um beijo.

Carminda Pinho said...

Renda,
não me esqueci do desafio...:)))
É o tempo amiga, é o tempo...

Beijos

soledade said...

É comovente e tão bonita, esta evocação da tua mãe. Ela é também bonita, e parece-se com a menina das trancinhas. Lembrei-me do 1º post teu que li, aqui no "que conversa". Era sobre a tua filha. A mesma ternura, o mesmo sentido de uma estirpe, de laços estreitos entre as mulheres de uma mesma família. Fiquei com uma frase de Saramago às voltas na memória: «...é a grande interminável conversa das mulheres (...) que segura o mundo na sua órbita»
Um beijo

Sophiamar said...

Passei para te deixar um beijinho e aproveitei para reler este post onde a ternura tem a dimensão do infinito.

Bem hajas!

zef said...

Renda, que mãe linda!
Fico a ver a minha mãe. E é bonito ver que é igual à da menina das rendas dos laçarotes e das tranças...
Bonito, Renda!
Um abraço

Carminda Pinho said...

Renda, minha amiga!
Foi tudo resolvido à última da hora não tive tempo de te avisar.
Vou passar por aí perto, mas hei-de ir mais vezes...prometo.:)

Beijinhos e bom fim de semana.

bell said...

Falaste da tua e parecia estar a ver a minha.

Bom fds!

Rui Caetano said...

Um bom fim de semana.

*izil* said...

Linda a foto de sua mãe, a minha também já foi linda, ainda é linda, um pouco mais cansada da vida com 80 anos.
O bom e que temos mães, filhas, e a vida continua