Sunday, May 11, 2008

Oração

Nas serranias
verde
tudo verde
e o coração
feito de amarelo-flor-de-giesta;
no vale
verde
tudo verde
salpicado
de vermelho-cereja;
lugares
onde a alma
se ergue
em oração...

10 comments:

bell said...

É a Primavera, Renda!

Papoila said...

Querida Renda:
Lindo poema a que não falta as flores da giesta que saudam o Maio e as cerejas pontadas...
Lindo!
Beijo

o escriba said...

amiga rendadebilros

a musicalidade serena do seu poema é uma oração à natureza.Que paz!

Boa semana de trabalho!
bjs
Esperança

Carminda Pinho said...

Rendinha,
já rezei a oração 3 vezes.:)
Ó amiga! vi campos tão verdes, salpicados de vermelho papoila,branco malmequeres bravos e amarelo, muito amarelo em flores saídas das rochas ao longo da estreada, não sei como se chamam, mas o espectáculo é lindo.
Trouxe umas coisas dentro da máquina....esta semana vou mostrar.:)))
Cerejas, vi a vender na rua qundo passei o Fundão, mas em FCR, não consegui comprar...lá ainda não estão boas para comer, disseram...

Beijos amiga (lembrei-me tanto de ti...)

Sou romântica, pois sou e, hei-de continuar a sê-lo até ao fim. Ahahah!!!

Mais beijos

Sophiamar said...

As serranias multicolores vestiram-se de verde esperança , de vermelho, de amarelo... festejando a chegada da Primavera.

Beijinhos

gaivota said...

a primavera florida, as giestas que brotam por todo o lado, as cores da vida sempre presentes na alma fresca colorida e em oração...
beijinhos, amiga

Andreia do Flautim said...

Boa semana para ti!

Carminda said...

Passei para ver se havia por aqui cerejas...:)))

Beijinhos

PS:- ai que nervos!!!

mundo azul said...

Tão bonito!
Beijos e muita luz..._Zélia.

Nuno R. said...

A sua oração fez-me lembrar a minha serra e a minha infância nas tardes de Verão... obrigado por ter passado pelo Obliviário e aberto o seu coração.
Tem um desafio meu, lá.
Um abraço,
Nuno R.