Thursday, December 21, 2006

Bom Natal

No Natal, eu apenas quero
A minha princesa junto de mim
O meu amor a querer-me assim
Perdidamente como no soneto…

Quero a minha Mãe embrulhada
Num xaile fofo e quentinho
O meu pai lê o seu jornalinho
Antes da conversa animada.

A tia mais nova toda elegante
Abraça os queridos sobrinhos
A madrinha enche-os de mimos
Com ternura exuberante…

Se traz a viola , alegre, canta
O tio sempre muito bem falante
Passa pelas brasas um instante
E o cão enrosca-se na sua manta.

Chega a hora das refeições
Verte-se muita conversa fiada
E, no meio de grande algazarra,
As prendas abrem-se em canções…

Só quero uma coisa fantástica
Na nossa casa, neste Natal,
Que estejam todos, tudo igual,
Não quero mais nada de especial!!!


BOM NATAL...
Para todos os que me visitam (quase) todos os dias,
que sentem a minha falta e de quem sinto falta,
para os que me visitam só às vezes,
para os que me visitam só de passagem,
para os que nunca me visitam...

4 comments:

soledade said...

Que aconchego! Um Natal doce, desses em que "todos estavam vivos", como dizia o mestre Álvaeo de Campos.
Alegria para ti, na companhia dos teus!
Beijinho

papagueno said...

Por falar em Bom Natal, vim aqui só para desejar UM FELIZ NATAL.

Jorge P.G. said...

Bom Natal, Renda!

Um bjnh.
Jorge G

vareira said...

Há tanto tempo que me proteges, há tanto tempo que me amas, há tanto tempo que és minha amiga...um beijo e Santo Natal