Wednesday, March 26, 2008

Tempo de (matar) saudades



foi o tempo de
um sopro
uma aragem
uma paragem
uma giesta em flor
um floco de neve
uma pedra de granizo
um carinho
um abraço
uma palavra
um gesto
chegaste


no tempo de
um sorriso
e partiste


como brisa
de saudade!

10 comments:

Sophiamar said...

O tempo, com os nossos amores-perfeitos, voa. É tudo tão rápido! Mas fica um gostinho doce.

Beijinhosssss

Carminda Pinho said...

Renda,
passou rápido não foi?
Mas aposto que aproveitaste cada minuto para mimares a tua linda princesa e, ela a ti.

Beijos

Andreia do Flautim said...

Ai as saudades!

zef said...

Foram dias de boa aleluía!
Um abraço

Carminda Pinho said...

Renda,
foi a propósito deste teu post http://terrasmuialtas.blogspot.com/2008/03/agressa-e-vdeo-carolina-michaelis.html.
É claro que não vinha lá tudo transcrito, mas falavam de reações que o caso tinha tido na blogosfera, e o "Terras Altas" foi um dos quatro ou cinco blogs que escolheram.

Beijos

bell said...

O Verão está quase aí, tempo grande para diminuir saudades.

Papoila said...

Olá Renda!
O tempo voa como um sopro quando nosas princesas chegam e e partem.
Tardes de chá, sorrisos, abraços e conversas que se daentram na noite...
Beijos

Sophiamar said...

Desejo-te um bom fim de semana. Aqui o dia está soalheiro e o mar à vista.

Beijinhossssss

comecardenovo said...

é sempre tempo de matar saudades...

fernanda s.m. said...

E como as saudades são mesmo brisas...
Foto muito sugestiva do local de todas as emoções: partidas,chegadas,alegria que dói,aperto no coração,esperança, angústia, aventura . E sempre saudade.
Um beijo, há muito que não tinha tempo de aqui o deixar...