Sunday, December 30, 2007

O escultor


O escultor
prende a pedra
entre as mãos
acaricia sonha
(des)constrói
a vida inerte
entrelaça
amor e dor
suaviza a alma
da rocha
dá-lhe voz
na palavra calma;
à sombra fria
da Catedral
o gesto
certo do cinzel
o escultor
isolado
inclinado
como quem reza
bendita a pedra…




É este o escultor: António Oliveira

10 comments:

Sophiamar said...

A minha alma anda precisada de um escultor.Que a talhe com amizade.
Se leres os comentários do meu post anterior perceberás um pouco melhor.
Gosto destes poemas que, com palavras simples, me dizem tanto.
Aqui está um dia de sol maravilhoso. Verão, autêntico. O mar, aqui perto, está uma vastidão de prata.
Daqui a pouco vou sair. Fotografar aquele mar ali que é um apelo constante.
Beijinhossssss

O Profeta said...

Olhos abertos de espanto
A esperança renovada
Há um novo ano que anuncia
Os passos da felicidade na sua chegada

E porque gosto de ti
Companheira de viagem
Que a minha companhia
Não seja uma miragem

E porque tocaste o profeta
Com a delicadeza da tua terna mão
No abrir das minhas portas
Ilumino teu coração


Um mágico 2008


Um beijo de luz

Carminda Pinho said...

Renda,
é este então o escultor de que falavas outro dia...virei conheçê-lo mais tarde.

Desejo-te um Feliz Ano Novo, e que o ano que está quase a nascer traga tudo aquilo que desejas.

Beijinhos

Andreia do Flautim said...

Passei para te desejar um bom ano!

Porca da Vila said...

Que tenhas um Bom Ano Novo e que o 2008 que está prestes a chegar te traga muita paz, alegria e saúde.

Ah! E menos 'papéis' do que em 2007! HeHe!

Um Xi Muito Grande

Kaotica said...

Querida Renda

Desejo-te um excelente 2008.

Um abraço

Sophiamar said...

Que o Ano Novo te traga tudo quanto desejas, que o 2º período, à beira de começar, te/nos corra com menos papéis e com surpresas agradáveis ( eheheheh), que o escultor continue a fazer essas peças que, um dia, quero conhecer, que a amizade se alargue nesta blogosfera que defendo.


Beijinhossss

Carminda Pinho said...

Então amiga!
Ficaste em 2007?
Bora, bute lá...não custa nada.
O nó na garganta passa com uma taça de espumante, mas só se for da Bairrada...:)))

Beijinhos

Nuno R. said...

Um excelente ano de 2008 para si, cara Amiga, e para os seus. Sempre com dias poéticos!
Um abraço

Vladimir said...

Um ano de 2008, onde sonhes e ouses...

Vem ao Vladimir e expressa a tua opinião sobre o nosso "Portugalinho"...