Saturday, September 29, 2007

Sótãos


Um dia qualquer, já Outono, andei pela praia e a areia morna entrou nas sandálias sem ser convidada.

Esta tarde , o Outono não deixou dúvidas e obrigou-me a abandonar numa caixa as sandálias. E levou-me aos armários a mudar roupa e sapatos.

Enfiei umas tralhas no sótão. Não sei por que razão metemos tanta coisa no sótão, sempre com a ideia de que, um dia destes, podemos vir a precisar de algum daqueles objectos. Durante a maior parte do tempo, esquecemo-nos deles completamente. Se , uma vez por acaso, nos lembramos de algo e vamos lá procurá-lo, quase nunca o encontramos... Então para que servem os sótãos das casas?

Quando chega o Outono e nos entra pela casa dentro, nostalgicamente, o Verão refugia-se no sótão... das recordações... juntamos-lhes as outras estações e vem a melancolia de uma vida a passar...

4 comments:

Porca da Vila said...

Descansa, que em breve [nem tanto...] será o Outono mais o Inverno a irem para o sótão!

Ah! E os 'papéis' também!...

Xi da Porca

Madalena said...

Calma, porque mais tarde ou mais cedo vai passar e chega a Primavera, o Verão e recomeça tudo outra vez...

Beijinhos

Gandin Tondela said...

é impressionante o que se consegue juntar numa casa... mas mais importante do que aquilo que se acumulou é o aquilo que se irá acumular...

vareira said...

Para mim o Outono acontece no dia em que sorrateiramente ponho a assar umas maças com açucar amarelo...foi hoje!!!Que boas!E acumular coisas cá em casa...é mesmo comigo, pois guardo tudo na esperança que um dia sirva a alguém...mas ando em arrumações a ver se arranjo espaço!é que não tenho sótão!E para mim sótão é sinónimo de imaginação e meninice!!!Bj de boa semana