Saturday, September 08, 2007

Calma


Fui andarilhar pela cidade. A temperatura convidava, soberba.

Atravessava as ruas e travessas um silêncio calmo. No jardim, as folhinhas das árvores nem mexem e as flores recolhem o sol de corolas erguidas e tranquilas.

10 comments:

Osc@r Luiz said...

Seu post me deixou calmo e sereno...
Mas, epa!
Hoje é sábado! Não é dia de tranquilidade...
Vou guardá-la para o domingo. Se for preciso venho ler novamente amanhã para recuperar as sensações!
Um beijo e um bom final de semana!

Carminda Pinho said...

Ah! foste?
Eu fui só beber café e voltei. Hoje foi o dia dedicado à casa e, tá tão linda!
Jantar ver o jogo até ao intervalo, depois ouvi-lo sómente, que o nervoso miudinho era muito, enquanto respondia ao amigos.
Agora é que eu vou dar um passeio amiga. Assim... ao luar mas sem lua, que o céu tá nublado, mas ela tá lá, que eu sei.
Beijinhos e um bom domingo.

Paulo Sempre said...

No tempo em que as flores falavam, haviam neblinas perfumadas...
Ainda haverá?
Beijo
Paulo

Papoila said...

Em tranquilidade dei contigo este passeio a pé entre perfumes, folhas, árvores e flores... Linda foto!
Beijos

vareira said...

Por aqui a calmaria só mesmo em casa...é domingo, o dia esteve sem nortada(coisa rara, mas que ultimamente tem acontecido)por isso os arredores desaguaram por cá!Mas é bom estar em silêncio...miudos no outro lado!A semana vai ser dolorosa!!!

Osc@r Luiz said...

Pronto!
Voltei aqui como disse e me embebi de calma e tranquilidade.
Um beijo e uma semana produtiva.

Carminda Pinho said...

Então Renda!
Ainda andas a passear?
Bom, a esta hora deves estar é a dormir e a sonhar.
Bons sonhos, boa semana.
Beijinhos

Meg said...

Renda, que boa essa calmaria.
Antes de voltares para os pepeis, que, já percebi, te apoquentam.
Trabalhos, não é?
Muito boa semana para ti.
Beijinhos

Porca da Vila said...

Quando havia tempo, o tempo não ajudou! Agora não há tempo! Raio de tempo...

Xi da Porca

J.G. said...

Que sorte ter assim umas ruas calminhas...

Um abraço