Saturday, March 17, 2007

Flagrantes

A mãe desce a rua , com a filha pequena pela mão.

Uma mulher passeia com o cão enorme.

De mochila às costas, o turista caminha em direcção à porta da Sé.

O rapaz volta-se e lança com o olhar um piropo extasiado à jovem que passou, com o umbigo à mostra.

Na Praça, duas garotas andam de patins em linha.

As zonas de peões continuam a ser ruas com trânsito incessante, autorizadas umas, outras proibidas, onde condutores passeiam entre os obstáculos como se de uma gincana se tratasse.

(Des)constroem-se rotundas lá mais abaixo.

Passa um calmo desassossego de Primavera pelo jardim.

1 comment:

jpg said...

E dizes que é um calmo desassossego? Com patins em linha em gincana nos passeios e rotundas em obras?

Brincalhona!

Um abraço.