Friday, May 20, 2011

Instantâneos

Choveu.
O velho vai andando
cabeça baixa
mãos atrás das costas
olhando,
aqui e ali
pára,
veio beber
nas pétalas das rosas
o alívio da solidão,
se alguém lhe diz bom dia!
levanta os olhos, sorri,
leva as mão ao coração,
agradece o gesto
bem haja pela sua palavra!
como se o dia se enchesse de luz,
sabe, as pessoas já não falam como dantes,
andam num ritmo muito agitado,
por isso é gratificante a sua palavra.
Choveu.
Voltará a chover não tarda.
O velho encaminha-se para casa.
Leva as mãos atrás das costas
e um brilho nos olhos,
levanta a cabeça para o céu,
espiando as gotas de chuva.

2 comments:

zef said...

"Bom dia".
Fico com "um brilho nos olhos" nesta manhã que vai bonita.
Bom dia, Renda

Miriam de Sales Oliveira said...

Lindos versos!